Pós-graduação

Como aproveitar a faculdade para chegar preparado à pós-graduação?

outubro 26, 2018
Tempo de leitura 2 min

Cursar uma pós-graduação pode aumentar o salário em até 118%, segundo pesquisa conduzida pela Catho Educação. Em um mercado competitivo, investir em qualificação profissional é uma das estratégias para se destacar nos processos seletivos.

O primeiro passo é saber diferenciar as modalidades de pós-graduação existentes. Uma pós-graduação lato sensu consiste em uma especialização em determinada área do conhecimento, sem obrigatoriedade de defesa de tese perante banca. Normalmente está mais ligada à atividade que o profissional está desempenhando ou ao mercado no qual está inserido. No caso de uma pós-graduação stricto sensu, os estudos são direcionados, em geral, ao meio acadêmico, podendo ou não ter aplicações no âmbito empresarial.

De acordo com o professor Marcelo Dias, docente da ESEG e especialista em alavancagem profissional, a modalidade mais indicada depende do momento de vida. “Quem necessita de especialização rápida em determinada ferramenta ou área do conhecimento deve optar pela pós-graduação lato sensu. Já quem deseja um estudo mais aprofundado, sem necessidade de aplicações imediatas, pode partir para o mestrado ou doutorado”, explica Dias.

O mais importante, segundo o professor, é ter um objetivo bem definido antes de iniciar o curso. “Trata-se de um novo desafio a se desbravar e, para isso, muito empenho será necessário. Uma experiência profissional pode ser bem-vinda para que se aproveite melhor o conhecimento e se visualize uma aplicação prática para o que está sendo estudado”.

Durante a Faculdade

O preparo para cursar uma pós-graduação, no entanto, começa ainda na faculdade. “Durante a graduação é importante definir quais são as áreas que o estudante gostaria de se aprofundar. Dessa maneira, por meio de artigos e participações em Iniciações Científicas pode-se desenvolver alguns pré-projetos que serão muito úteis na época da pós”. Dedicar-se a aprender todas as disciplinas é o caminho para descobrir quais são as áreas nas quais o estudante mais gosta de investir tempo de estudo.

Um bom curso de graduação deve fornecer uma formação forte em todas as disciplinas. Cursos extracurriculares e matérias optativas também ajudam a abrir o leque de opções para aqueles alunos que desejam continuar seus estudos em uma pós-graduação.

Dias explica ainda que uma segunda graduação pode ser uma alternativa para quem deseja ampliar as possibilidades de atuação no mercado de trabalho. Para isso, é necessário que o curso escolhido tenha sinergia com a primeira formação. “Uma segunda graduação em Administração, por exemplo, pode ajudar o profissional a ganhar habilidades complementares que serão úteis em cargos que exijam conhecimentos de gestão”, conclui Marcelo Dias.

Receba conteúdo em primeira mão!


Sem comentários

Deixe um comentário